Muda a imagem ou muda a vida

by - 12:48

Às vezes ficar a ver séries em casa dá jeito.

Acompanhei a série "Hart of Dixie" (em português "Doutora no Alabama") quando dava nos Estados Unidos mas no outro dia apanhei nas televisões por cá e como estava frio, vento e chuva, puxei da mantinha e por um ou outro episódio. Já não sei a quantas andava mas apanhei uma cena de que já não me lembrava mas que tem uma grande lição de vida.



Só para resumir a situação: rapariga de Nova Iorque chega a Alabama; rapariga sente-se atraída por um rapaz que é, digamos, não o seu estilo; rapaz e rapariga envolvem-se; rapariga arrepende-se mas continua atrás dele; rapariga sente-se confusa e dividida, entre a sua cidade e o Alabama; rapariga acha que Alabama não é para si mas afinal gosta do sítio; rapariga está confusa e frustrada e atribui as culpas ao rapaz.
Mas o rapaz não se conforma e apresenta-nos um discurso que me deixou de boca aberta:

Estás sempre a olhar à tua volta, a pensar como é que a tua vida deveria ser e não a pensar no que ela é.
Tu não estás a ser honesta contigo. Não estás a admitir o que te faz feliz.
Sabes o que vou fazer hoje? Vou ficar em casa e jogar Playstation, talvez duas, três horas. O que eu não vou fazer é mandar-me abaixo por passar a noite a jogar quando podia sair e ir salvar o mundo. Porque se eu quisesse ir salvar mundo...eu ia, já amanhã. Porque é uma escolha. É a minha escolha. Tal como tu escolheste ficar aqui, tal como tu escolheste ser médica em vez de ser astronauta, tal como tu escolheste dormir comigo ontem - e é óbvio que há qualquer coisa em todas essas decisões que te faz feliz. O problema é que elas não correspondem à tua imagem perfeita de como a tua vida deveria ser.
Por isso, queres ser feliz? Muda a tua imagem ou muda a tua vida.

Pode ser uma série, pode ser uma cena romântica, pode ser um discurso muito bem preparado. Mas a verdade é que a mensagem está lá.
Por vezes, temos expectativas quanto àquilo que a nossa vida deveria ser. O plano está todo feito, seguimos todos os passos, mas as coisas não aconteceram como nós queríamos. E depois sentimo-nos frustrados porque há coisas a acontecer mas não prestamos atenção, porque elas não estão a correr como nós queremos. 

A resposta aqui é simples: ou mudamos as nossas expectativas e mudamos a imagem que temos da nossa vida; ou então mudamos de vida para chegar às nossas expectativas. A única constante da vida é a mudança. Por isso, ou mudamos de comportamento, ou mudamos de sonhos, ou mudamos de vida. E não devemos ter medo da mudança, porque, no final, se trabalhamos para ser felizes, então, no final, vai tudo correr bem!

You May Also Like

0 comentários

Instagram

<>