Tu é que escolhes a tua confiança

by - 00:48



Tenho um amigo que me fez seguir com mais atenção o trabalho de Tony Robbins, aquele homem de quase dois metros que fala para milhares de pessoas em todo o mundo e as ajuda a alcançarem os seus objetivos.


Ele não é um guru, nem um motivador, mas sim um gajo que nos mostra os entraves que temos na nossa cabeça e ensina-nos a desbloqueá-los. Pode-se dizer que o seu trabalho é mesmo esse: ser um desbloqueador de mentes e permite-nos

Esse meu amigo estava a contar um episódio em que o Tony estava num grande evento, dirigiu-se à plateia e foi falar com um rapaz que estava muito tímido. E depois de lhe tentar arrancar alguma coisa, ele disse-lhe: Tu não estás confiante. E tu é que escolhes não ser confiante.

Esta frase deu-me aquele click na cabeça - mas é que é óbvio!

No ano passado, quando me sentia nada confiante, achei que tinha a ver com os outros.
Era o tempo frio que não me dava motivação. Eram as noites mal dormidas que não me deixavam funcionar melhor. Eram as constipações sucessivas que não me deixavam concentrar-me no blogue e trabalhar.

Era sempre qualquer coisa que me estava a impedir de fazer as coisas mas não.

Porque a confiança não vem do exterior mas sim do interior. Posso pensar em cinquentas razões para as coisas não estarem a funcionar comigo mas só preciso de uma boa razão para fazer tudo funcionar. Em vez de nos focarmos no mau e ficarmos desmotivados, devíamos concentrarmo-nos no que há de bom. A escolha é nossa - e por isso é que a confiança é uma escolha!

A confiança vem de dentro de nós, do bom que temos, da capacidade que temos de acreditar em nós. Ler livros, ver coisas motivacionais, fazer aquilo de que gostamos e passar tempo com pessoas que nos fazem bem é meio caminho andando para sermos mais confiantes - mas tudo tudo começa em nós.

You May Also Like

4 comentários

  1. Também acompanho o trabalho do Tony Robbins. E é mesmo tomar consciência que nós somos os principais sabotadores de nós próprios. Obrigada pela reflexão. *Lu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso maior inimigo (e também amigo!) somos nós mesmos! beijinhos :)

      Eliminar
  2. Gosto muito do Tony Robbins. Inicialmente comprei e comecei a ler o livro "Desperte o gigante que há em si", mas este livro remetia muito para o "Poder sem Limites", por isso interrompi e comecei a ler o primeiro livro, e ainda me encontro a ler.
    São os nossos pensamentos que nos constroem ou destroem e cada um escolhe o caminho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Tony Robbins é um ser humano e um motivador fantásticos. Já li o Poder sem Limites e foi uma leitura extremamente rica. Depois de ler aquilo, é impossível não aplicarmos certas técnicas para nós e também repararmos no comportamento dos outros.
      Espero ler mais livros dele, e sigo muito os seus vídeos.
      Quanto ao teu comentário não poderia concordar mais, são os nossos pensamentos (que nós DEFINITIVAMENTE controlamos) que fazem com que tenhamos sucesso - logo é preciso ter muito cuidado com eles :)

      Eliminar

Instagram

<>