Porque é que parece que toda a gente é comercial - e porque o deveríamos ser

by - 11:37


Vendas. Parece que tudo só fala em vendas.


As empresas só querem vendas e só querem contratar comerciais. Todo o colaborador tem de ter espírito comercial. Todos as vagas de emprego é para trabalhos comerciais.

Porque é que agora somos todos comerciais? Porque é que agora tudo o que as empresas pedem é por vendedores? Porque é que todas as pessoas parecem ter um side hustle a vender qualquer produto ou serviço que seja?

Porque ter um trabalho fixo não é uma boa maneira de fazer dinheiro.

Por isso é que vemos reformados a vender frutas e legumes no meio das estradas. Por isso é que vemos pessoas a vender produtos artesanais em páginas de Facebook. Por isso é que vemos pequenos milionários a fazerem a vida a viajar, com várias fontes de rendimento que permitem ter um trabalho flexível.

Isto porque o modelo de que todos iríamos ter trabalho apenas indo para a faculdade tornou-se num modelo obsoleto.

É uma vergonha, mas o que este modelo fez foi criar "doers" - fazedores - pessoas com trabalhos das 9h às 18h, com apenas a função de abrir o computador e escrever e-mails. Mas quando é preciso criar, inovar ou até mesmo vender, ninguém sabe fazer nada (ou então respondem "não fui contratado para isso").

O que muitos se foram apercebendo ao longo do tempo é que as empresas só facturam se venderem os seus produtos e serviços. É da facturação que vem o pagamentos de salários e assim todo o rendimento de uma pessoa. Logo a forma mais directa de contribuir para o meu salário é contribuir para a facturação da empresa: logo, é fazer parte da equipa de vendas. Numa empresa justa, quanto mais vendar forem feitas, mais a empresa factura e mais eu posso ganhar, pois se tiver um salário não fixo, este pode variar consoante o desempenho e o aumento de vendas da empresa no geral.

Marketing é importante; Contabilidade é importante; Recursos Humanos é importante. Mas sem vendas, sem dinheiro, como pode uma empresa desenvolver-se? Como pode-se continuar a investir em Marketing se não há vendas? Como se pode investir em talentos e na sua carreira se não há dinheiro para suportar uma estrutura?

Mas o verdadeiro busílis da questão é que ser vendedor é algo bastante bom para o futuro, e não tão mau como se pensa.

Primeiro, todos nós vendemos: todos vendemos a nossa casa aos nossos amigos, mostrando-lhe o bom negócio que foi e como o espaço é bonito. Vendemos o nosso carro que é confortável. Vendemos as nossas capacidades sempre que vamos a uma entrevista de emprego. Até vendemos os nossos filhos em lanches com os amigos, mostrando-lhes como eles são bem comportados. Assim, todos os dias, qualquer um de nós mostra aos outros que temos a melhor casa, o melhor carro, o melhor profissionalismo e os melhores filhos. Somos os melhores e por isso todos deviam fazer como nós - ou seja, vendemos a nossa ideia de vida.

Além disso, todas as skills que uma pessoa pode aprender para se tornar comercial são skills que podemos levar para qualquer contexto profissional ou até mesmo para a vida


O comercial é trabalhador
Um comercial é alguém que está constantemente a trabalhar e a melhorar-se. Não basta fechar 2 ou 3 negócios ou ter clientes regulares. É preciso ter novos clientes ou novos produtos para agarrar novos mercados. Um comercial é alguém que não pára de se desenvolver e essa fibra de trabalho pode ajudar em qualquer progressão de carreira.


O comercial é persistente
Um comercial é alguém que está preparado para receber nãos, e isso não afecta a continuidade do seu trabalho. Quando se abre uma empresa, temos de estar dispostos a ouvir nãos; quando reunimos com os nossos clientes e lhe fazemos serviços de consultadoria, umas vezes eles negam as sugestões; quando procuramos um novo talento para a nossa empresa, alguns candidatos podem não gostar da nossa proposta e dizem-nos que não. É necessário termos a força de agir, ouvir nãos, e continuar a melhorar o nosso desempenho.


O comercial é flexível
Um comercial é flexível e está disposto a entrar em negociação. Quando alguém nos diz que não, podemos sempre tentar entender porquê e arranjar um compromisso que beneficie as duas partes. Achar que o mundo corre exactamente como queremos é uma ilusão e todos os negócios bem sucedidos requerem a ginástica de estar disponível para ouvir o outro, perceber o seu lado e talvez trazê-lo para o nosso de forma a dar-lhe benefícios também. Ter uma boa capacidade de negociação que é treinada e desenvolvida ao longo do tempo permite-nos navegar pela vida profissional de uma forma mais rápida e mais proveitosa para a carreira.


Estas skills básicas - constante trabalho, acção, resiliência e negociação - são apenas algumas das skills que um comercial pode e deve desenvolver ao longo do tempo mas estas skills não são exclusivas da actividade comercial. Aliás, qualquer profissional deveria desenvolver estas e outras capacidades, que certamente ajudam numa melhor e maior progressão na carreira.

A sua empresa não vive de vendas mas também não vive sem elas, por isso o importante é desenvolver uma estrutura e uma estratégia interligadas para que tudo funcione como um motor.

De facto, é essencial perceber que as vendas são as correntes que unem todas as rodas e, por isso, aconselho que todos os membros da equipa perceberam como funcionam as vendas, qual o seu papel, e que skills podem adoptar para os seus trabalhos de forma a ter um motor ainda mais funcional.

You May Also Like

0 comentários

Instagram

<>