A vida não é um quiz

by - 00:36



A vida não é quiz em que temos de saber todas as respostas.

Qual é o primeiro Rei de Portugal?
Qual é o valor da proposta?
Qual será o nosso ROI para o ano?
Quanto é 40x35?
Diz-me a resposta?
Qual é a resposta?

Toda a nossa vida somos ensinados a ter respostas. Aprendemos a falar a fazerem nos perguntas e a respondermos. Aprendemos a tabuada, a história, as partes do corpo sabendo respostas na ponta da língua. Quem sabe mais respostas é melhor logo vai ser melhor na vida.

Assim pensava eu.

Sempre tive todas as respostas ou sabia onde as encontrar. Por isso a escola e a faculdade foram relativamente fáceis. Estamos um semestre a ler e a ouvir para em duas horas colocarem-nos 4-5 perguntas e despejarmos tudo o que sabemos. Toda a vida o nosso sucesso é contabilizado se sabemos muitas respostas - e se sabemos as respostas certas.

Mas isso é um grave problema. Porque a vida não tem respostas, não nos dá respostas.
A vida não é sobre ter a resposta certa. A vida é sobre encontrar uma resposta que funciona para aquele tempo para aquela realidade. Uma resposta funciona hoje mas pode não funcionar amanhã. Um emprego pode funcionar hoje e pode não funcionar amanhã. Uma carreira pode funcionar durante 7 anos e não funcionar no ano seguinte. E se não tivermos resposta nenhuma? E se erramos na resposta? Não tem problema, vamos desenrascar alguma coisa.

Foi esta a lição que tive de aprender duramente. Se a vida fosse um quiz eu teria todas as respostas. Se o sucesso num trabalho fosse responder a um teste de 10 perguntas sobre factos históricos eu teria sucesso. Mas não. A vida não é nada disso. Saber todas as respostas não me deu as skills necessárias para ter um trabalho na área que desejava ou até em qualquer outra área.

O que precisei de fazer foi não me concentrar em saber tudo mas saber como poderia descobrir como fazer e praticar. O que precisei de fazer foi agir e não ter medo de errar, aprendendo sempre com cada acção, cada plano, cada projecto. O que precisei de fazer foi pensar que todas as respostas que tinha poderiam não servir o que estava a fazer. O que precisei de fazer foi olhar para a vida com outros olhos e encarar o desconhecido como um desafio que, com conhecimento e tempo, eu iria ultrapassar.

O que percebi é que existem tantas respostas no mundo que o objetivo não é encontrar a resposta certa mas sim a resposta que nos faça sentido. Com o tempo, vamos começando a encontrar as respostas certas para os nossos objetivos e as coisas começam a fazer mais sentido. Mas a vida não é um quiz em que se fizermos tudo certinho ganharemos 10 milhóes de euros. A vida é feita de respostas boas e respostas menos boas, respostas completamente erradas e respostas quase certas - e lá pelo meio encontramos as respostas certas, que nos fazem crescer, aprender, mudar.

São as respostas certas que nos fazem felizes, mas são as respostas erradas e a nossa vontade de procurar outras respostas que nos colocam mais perto da nossa felicidade.

You May Also Like

6 comentários

  1. Querida Rita,

    Que palavras!! Ao ler-te fico sempre a pensar que não percebo mesmo nada de como funciona a vida.
    "O que precisei de fazer foi agir e não ter medo de errar, aprendendo sempre com cada acção, cada plano, cada projecto. O que precisei de fazer foi pensar que todas as respostas que tinha poderiam não servir o que estava a fazer. O que precisei de fazer foi olhar para a vida com outros olhos e encarar o desconhecido como um desafio que, com conhecimento e tempo, eu iria ultrapassar."

    Como é que instalo este chip! Vivo com tanto medo... tão quieta... que nada acontece...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha Cara Lu, e um chip muito difícil de instalar! Tens de pensar para ti mesma e falar para ti mesma "se eu errar qual é o problema? Ninguém está a ver! Eu posso fazer e errar e aprender e continuar! Se eu estou a errar pelo menos estou a agir que é o que muitas pessoas NÃO fazem!"
      Só tu podes construir a tua vida ninguém a vai fazer por ti :) todo o obstáculo q tenhas não é um problema, e um desafio para encontrares uma solução - e se uma não der, da outra!

      Estou contigo nesta "luta" de encontrar conforto no errar e sair da zona de conforto :) coragem!!!

      Eliminar
  2. Nem sempre temos respostas ao que queremos mas... quando temos! =)

    ResponderEliminar
  3. Realmente, adoro os teus textos. Fazem-me sempre pensar.
    Não é só as respostas certas num momento, que se tornam erradas noutro. Muitas vezes é a capacidade de dizer que "não sei" e estar confortável com esse "não sei". Esse é um conforto que acho que só se aprende com o tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostas :D
      Concordo mesmo com o que disseste. Não sabermos a resposta é super assustador e são dos tempos mais incertos da nossa vida que nos fazem duvidar de nós próprios. Mas estar confortável com essa incerteza é um passo de grande crescimento. Não estar na zona de conforto é normal para quem quer ser grande e por isso, mesmo que não tenhamos todas as respostas, podemos e dever estar confortáveis com isso :)

      Eliminar

Instagram

<>