Empreendedorismo: o que aprendi com o Elon Musk

by - 00:39


Li há pouco tempo a biografia de Elon Musk e tudo é um espanto.

Há várias palavras que me ocorrem para falar de Elon Musk: visionário, louco, sonhador, guerreiro. Por isso mesmo é que comprei a sua biografia e a devorei um bocadinho todos os dias.

Gosto de ler biografias porque gosto de pessoas. Acho que a minha veia jornalística sempre se inclinou para histórias reais e acho verdadeiramente motivador e inspirador conhecer as histórias de vida de pessoas normais que fazem da sua rotina algo extraordinário, como histórias de empreendedores que ultrapassaram todos os desafios e mais alguns para ter um lugar ao sol.

Estas foram algumas das lições que aprendi com o fundador da SpaceX, Tesla e SolarCity:

Sonha em grande
Elon Musk é sinónimo de pensar em grande. Ele nunca pensa em pequeno. Ele quer o grande plano, a grande viagem, a grande jornada, o maior feito. Ele não quer mudar a vida das pessoas, ele quer mudar a vida da humanidade, ele quer ficar para a história, ser história e alterar a história.
Na nossa vida, pensarmos em grande é não pensarmos pequeno e arriscarmos. Sonhar em grande e pegar naquele sonho de criança super escondido no baú e ver como o podemos tornar realidade. O Elon ensinou-me a pensar em grande, acima das expectativas, como se o céu não fosse limite algum.

Estuda, sabe, conhece
Elon é CEO de três empresas distintas em áreas muito complexas: automóvel, aeroespacial, energias renováveis. Em todas elas, Musk não é só o CEO só porque é o maior accionista destas empresas - aliás, ele nem sempre foi CEO das suas empresas mas o seu conhecimento e liderança deram-lhe o lugar. Ele fala com os engenheiros e percebe o que cada um trabalha. Ele conhece os seus negócios de um ponto de vida técnico profundo, o que lhe permite ver como será o consumo daqui a uns anos e como se pode alterar as coisas. O Elon ensinou-me a estudar muito bem os meus objetivos, a saber todo o detalhe sobre o meu negócio, a explorar todas as suas componentes e ir desenvolvendo ao longo do tempo.

Pensa a longo prazo
As pessoas só vêem o curto prazo. Elon quer mudar a indústria mas teve de ser com calma. Se no inicio achava que poderia criar produtos em prazos muito limitados e praticamente impossíveis, os seus maiores feitos apareceram anos depois da fundação das empresas. Com a expansão das suas equipas, com algumas tentativas falhadas (principalmente na SpaceX), percebe-se que a transformação de uma empresa demora o seu tempo. Isto porque Elon queria ter um projeto a longo prazo. As suas implicâncias tem tudo a ver com a sua visão a longo prazo. Resultados rápidos são pura sorte e não são sustentáveis. Há toda uma estratégia de pequenas acções que podem não fazer sentido no curto prazo mas que totalmente serve o longo prazo. O Elon ensinou-me que para se ter resultados é preciso pensar numa estratégia a longo prazo. 

Não desistas
Elon nunca desistiu. Disse uma vez: ou é conseguir ou é morrer, não há a hipótese de largar um negócio e partir para outra. Elon é o cúmulo da persistência, é o símbolo da resiliência. Quando muitos o achavam louco, quando todos achavam que ele ia cair, eis que ele reergue-se, triunfante. Se antes de conseguir era um louco desgraçado, depois de o conseguir tornou-se um deus, uma figura mítica, um louco que conseguiu, um génio. Quando Elon acredita, é até ao fim!
O Elon ensinou-me em acreditar até ao fim, a enfrentar o fracasso como mais um passo do processo. Se realmente acreditas em algo, faz tudo até conseguires concretizar - ou é fazer ou é morrer!

Pedir feedback
Elon é teimoso, casmurro, persistente e acha que sabe mais do que outros - mas se lhe explicarem uma questão de forma bastante lógica ele muda de opinião. O que acontece e que muitos não percebem as suas questões porque não conseguem entender a sua visão e acham exageradas as suas posições. Estar atento ao seu redor é crucial para vingar no negócio e o Elon está sempre atento ao feedback. Elon explica assim:

É muito importante ter sempre feedback, como em loop, onde estás constantemente a pensar no que fizeste e no que podes fazer melhor. Acho que esse é o meu único conselho: pensar constantemente no que pode ser melhorado e questionarmo-nos a nós próprios.

Assim, o Elon ensinou-me a estar atento ao feedback, a ouvir os outros, a auto reflectir sobre as nossas acções e melhorar sempre!


Comecei a biografia de Elon Musk há um par de meses e todos os dias queria ler mais e mais. Quando acabou, queria ler mais, queria saber mais, queria ter aquela pessoa, aquela garra, aquela persistência todos os dias comigo. Acho que não queria nada trabalhar com o Elon pela sua maneira severa de liderança - mas pelo menos um diazinho de estágio já me iria fazer sentir bastante bem por poder estar em contacto com este louco visionário que certamente vai mudar ainda mais o mundo.

You May Also Like

0 comentários

Instagram

<>